Auto, Bateria

Auto, Bateria

como assim ? meu carro quebrou parado ?!

Pode parecer estranho, mas é difícil não conhecer alguém que já tenha passado por isso. Em tempos de “pandemia” e home office, muitos carros passaram a ficar longos períodos estacionados nas garagens, e no momento em que você vai dar a partida o carro simplesmente não liga. Isso pode acontecer pelo fato, de mesmo desligado, o seu carro esta consumindo energia da bateria para manter a memoria de inúmeros módulos eletrônicos que hoje temos a bordos de quase todos os modelos.

É nessa hora que aquele conhecido bem intencionado aparece para ajudar com a famosa “chupeta”, pois é a chance perfeita de estrear aquele cabo de para ligação com o uso de uma outra bateria (a famosa chupeta), e para surpresa de todos o carro simplesmente não liga!!

MAS NÃO ERA SÓ BATERIA ?!

Sim, inicialmente o problema era bateria, porem existe uma grande possibilidade de algum modulo eletrônico ter sido danificado no momento em que a partida com a bateria auxiliar foi feita. A parte de eletrônica de gerenciamento do motor e muito sensível a qualquer “pico de tensão”, e por mais incrível que pareça a bateria do seu carro e responsável de protege los de eventuais variações de tensão. No momento em que você tentar dar uma partida com uso de uma bateria auxiliar (a famosa chupeta) as chances de mandar os módulos para o “ESPAÇO” é bem grande.

 

COMO FAZER DA FORMA CORRETA ?

As seguintes etapas devem ser seguidas à risca.
A imagem acima demonstra os passos que devem ser seguidos para fechar o circuito e realizar a famosa chupeta. Confira a sequência:

  1. Conecte uma das garras do cabo vermelho no polo positivo (+) da bateria descarregada;
  2. Conecte a outra garra deste mesmo cabo vermelho no polo positivo da bateria carregada;
  3. Conecte uma das garras do cabo preto no polo negativo (-) da bateria carregada;
  4. Conecte a outra garra do cabo preto em uma parte metálica do motor do carro que está com a bateria descarregada. Quanto mais distante da bateria este cabo for conectado, mais segura a pessoa estará.
  5. Certifique-se de que os cabos fiquem longe das ventoinhas, correias e outras partes móveis de ambos os motores.
  6. Dê a partida no veículo e remova os cabos na ordem INVERSA da conexão.

NÃO SE ESQUEÇA:

Sempre que for desligar a bateria de um veiculo, desligue primeiro o CABO NEGATIVO.

Em carros com injeção eletrônica NUNCA, substitua a bateria com o motor ou a ignição ligados.

Se for trocar a bateria, deixe sempre as portas abertas, pois não é difícil ao religar a bateria o alarme ser armado e as portas trancadas e na maioria das vezes as chaves e os controles do alarme estão no interior do veiculo quando isso. acontecer .

Se o seu carro for ficar por mais que duas semanas parado, retire o negativo da bateria.

Deixe um comentário